• Procuradorias
  • PRT Belém
  • Projeto Escrevendo e Reescrevendo Nossa História (PERNOH) forma cerca de 50 jovens, em Belém

COMUNICADO

comunicado2

Projeto Escrevendo e Reescrevendo Nossa História (PERNOH) forma cerca de 50 jovens, em Belém

A solenidade do evento aconteceu no último dia 11 e certificou os alunos nos cursos de acessórios e customização e garçom e garçonete

O Ministério Público do Trabalho PA/AP (MPT) em parceria com o Instituto Universidade Popular (UNIPOP) certificaram cerca de 50 jovens, com idades entre 18 e 29 anos nos cursos de acessórios e customização e garçom e garçonete. A cerimônia de solenidade aconteceu no último dia 11 e contou com apresentações de dança, cantos e venda de acessórios.

O Projeto Escrevendo e Reescrevendo Nossa História (PERNOH) atua na inserção e reinserção de pessoas em situação de vulnerabilidade social, oferecendo cursos profissionalizantes e oportunidades para o ingresso no mercado de trabalho. O procurador do Trabalho Sandoval Alves, contou em um discurso emocionado que os resultados obtidos pelo PERNOH representam para ele uma grande vitória e a realização do projeto é algo que o deixa muito feliz. Durante o evento, estiveram presentes também professores, coordenadores e o diretor da UNIPOP.

Os alunos concluintes de customização e acessório receberam junto ao diploma materias para que continuem confeccionando os acessórios e realizaram após a solenidade, venda dos objetos fabricados. Os alunos formandos dos cursos de garçom e garçonete também puderam mostrar um pouco do que aprenderam, auxiliando a servir um coquetel ao final do evento.

Sobre o PERNOH

O PERNOH oferece cursos gratuitos à comunidade e visa prioritariamente promover a qualificação profissional para o mercado de trabalho, além de iniciação musical e esportes.

Lançado em 2017, o PERNOH possui duas vertentes: o “Escrevendo Nossa História”, direcionado ao público residente em áreas de risco ou em situação de vulnerabilidade social, com perspectiva de integração das famílias dos participantes, e o “Reescrevendo Nossa História”, direcionado a jovens e adultos egressos de medidas socioeducativas e sistema penal.

Ministério Público do Trabalho
Assessoria de Comunicação

Imprimir