Sobre a Reforma Trabalhista

Aula inaugural na Escola Salesiana do Trabalho marca recepção a socioeducandos

Parceria entre MPT e Fasepa está inserida no Projeto Reescrevendo Nossa História, que oferece profissionalização a adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas e egressos do sistema penal

Lançados em 27 de março, os Projetos Escrevendo e Reescrevendo Nossa História já iniciaram suas atividades a todo vapor. O primeiro voltado a crianças, jovens e adultos de áreas de risco e o segundo a socioeducandos e egressos do sistema penal. Ambos são realizados por meio da parceira de diversas instituições públicas, da sociedade civil e financiados a partir da reversão de multas aplicadas em processos trabalhistas de autoria do Ministério Público do Trabalho PA/AP (MPT).

Na última segunda-feira (15), aconteceu a aula inaugural dos cursos de Mecânica de Refrigeração e Mecânica de Moto oferecidos pela Escola Salesiana do Trabalho aos jovens atendidos pela Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará (Fasepa) e pela Fundação Papa João XXIII (Funpapa). Os cursos são realizados com recursos revertidos pelo MPT em processo contra a Centrais Elétricas do Pará – CELPA.

Aula inaugural

Durante a aula inaugural, o procurador do Trabalho José Carlos Azevedo ressaltou as boas-vindas aos alunos e disse “acredito em duas coisas: conhecimento e trabalho. O conhecimento ninguém tira, mas é preciso ter dedicação. Aproveitem essa oportunidade e acreditem no potencial de vocês”.

Na ocasião, o presidente da Fasepa, Simão Bastos, contou que “em menos de 3 anos já é a 5ª parceria firmada com o MPT”, referindo-se a outras reversões realizadas pelo órgão como a que previu a contratação de 30 aprendizes cumpridores de medidas socioeducativas pelo supermercado Formosa, em Belém.

Em sua fala, Simão dirigiu-se aos jovens. “Meninos, tudo que o está sendo feito não será consolidado se vocês não quiserem. Em algum momento vocês chegaram até nós, Fasepa ou Funpapa, e agora é a hora da transformação. Respeitem esta casa, a Escola Salesiana do Trabalho, que está abrindo as portas a vocês, e espero encontrar todos aqui no dia da certificação”, concluiu.

Ao final da aula inaugural, foram entregues aos alunos os kits que serão diariamente utilizados nos cursos profissionalizantes. Além das formações ofertadas, os jovens também terão aulas de empreendedorismo posteriormente.  

N° Processo: 0000071-15.2015.08.0006

Ministério Público do Trabalho
Assessoria de Comunicação

Imprimir